Internacionalização

10. INTERNACIONALIZAÇÃO

A inserção internacional da produção do PPGM-UFRJ tem por base projetos e parcerias interinstitucionais, intercâmbios docentes e discentes, bem como a continuidade dos eventos científicos e artísticos promovidos pelo Programa nos últimos anos:

10.1. Polo Caravelas Brasil e a interação com a Universidade Nova de Lisboa

O grupo de pesquisas Polo Caravelas é um posto avançado do CESEM, Centro de Estudos da Sociologia e Estética Musical, sediado na Faculdade de Ciências Socais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Este núcleo de estudos tem como objetivo contribuir sistematicamente para a articulação musical entre os dois países, assim como fomentar interesse neste campo. Tendo em conta esses objetivos, julgou-se importante formalizar um polo do núcleo no Brasil. Ou seja, este Grupo de Pesquisa pretende promover a integração da comunidade musicológica luso-brasileira, impactando positivamente no conhecimento que se tem da história da música de ambos os países, e na execução, análise, edição e divulgação de seu repertório.

10.2. Grupo de pesquisas MusMat: congressos e revista

O grupo de pesquisas MusMat promove desde 2016 a colaboração de pesquisadores de todo o mundo acerca das pesquisas na área, reunindo esforços no Congresso Nacional de Música e Matemática, o maior em importância da América Latina, e que teve em 2018 sua III edição, com participação de autores renomados (Robert Peck, Richard Cohn, Roberto Morris, entre outros). A colaboração se estende também à MusMat – Brazilian Journal of Music and Mathematics, que apresenta artigos, entrevistas, resenhas, partituras musicais e notícias sobre a interação entre música e matemática aplicada à análise musical e à composição. É apresentada como publicação de acesso aberto, e publicaad exclusivamente em língua inglesa, com dois volumes por ano.

10.3. Grupo de pesquisas Africanias: diálogos com a África e América Latina

O grupo de pesquisas Africanias, além do trabalho com o CEA (Centro de Estudos Africanos) da UFMG o NEAB (Núcleo de Estudos Africanos) do CEFET, também tem trabalhado com projeto junto à Universidade Católica de Moçambique e a Universidade Nacional da Colômbia, integrando um esforço transcontinental de sintonia dos diversos saberes referentes à diáspora africana e sua integração com as culturas ameríndias ou brancas. Há uma rede de pesquisadores que estão empenhados em construir uma conexão entre pesquisas autóctones que até o momento encontram-se dispersas.

10.4. Participação crescente de alunos estrangeiros no PPGM-UFRJ

Intercâmbios nos programas Programa de Alianças para a Educação e a Capacitação – PAEC OEA/GCUB 2015 e PROGRAMA DE ESTUDANTES-CONVÊNIO DE PÓS-GRADUAÇÃO – PEC-PG (CNPq) têm trazido alunos de países latino-americanos para a realização de cursos de pós-graduação no Brasil. O PPGM-UFRJ tem aplicado anualmente para estes editais, contando assim com um contingente de alunos estrangeiros constante.