O Programa de Pós-Graduação em Música da UFRJ tem o enorme prazer de anunciar a abertura do II Congresso Internacional A Língua Portuguesa em Música: Diálogos, realização do Núcleo de Estudos da História da Música Luso-Brasileira – Caravelas/CESEM/UNL (Universidade Nova de Lisboa), do Pólo Caravelas Brasil e PPGM-UFRJ / Escola de Música da UFRJ. O evento conta com o apoio da ABM (Academia Brasileira de Música)

A língua portuguesa permanece como o tema principal, assim como as reflexões sob os mais variados pontos de vista: da performance, do patrimônio, da etno e da musicologia, da estética, da sociologia, dos estudos literários, áreas de pesquisa que se debruçam sobre a língua portuguesa e sua relação com a música.

Na edição deste ano, serão tematizados os diálogos que o Português tem estabelecido com outras línguas no âmbito musical. O italiano e o latim se destacam como línguas de interação histórica, através das práticas musicais operísticas e litúrgicas dos últimos cinco séculos. Processos migratórios de outros povos que se integraram ao mundo lusófono também geraram consequências sincréticas na língua e na música, sentidas até a atualidade.

O Congresso ocorre de 4 a 6 de abril de 2018, na Academia Brasileira de Música* e apresenta mesas redondas, comunicações e concertos.

* Academia Brasileira de Música – Rua da Lapa, 120, 12º andar, Lapa, Rio de Janeiro, Brasil. Maiores informações através do telefone 2262-8742 ou pelo e-mail posgraduacao@musica.ufrj,br

II Congresso Internacional ‘A Língua Portuguesa em Música: Diálogos’

Programação

Quarta-feira, 04 de abril

9:45 – 10:00Inscrições e recepção

10:00 – 10:30Abertura com a presença do Prof. Dr. Pauxy Gentil-Nunes (Coordenador do PPGM-UFRJ), Prof.a Dr.a Maria José Chevitarese (Diretora da Escola de Música), Prof. Dr. Wladimir Matos (EVPM), Prof.a. Dr.a Andrea Adour (Grupo de Pesquisas Africanias) e Prof. Dr. Alberto Pacheco (Líder do Pólo Caravelas Brasil e Coordenador Geral do Evento).

10:30 – 12:001ª Mesa (Flávio Carvalho, moderador):

• Os Textos em português nas obras paralitúrgicas de José Maurício Nunes Garcia (1767-1830) – Carlos Alberto Figueiredo

• O repertório em português executado por Cacilda Ortigão no Brasil – Ruthe Pocebon

• La naturalezza de Orlando Silva – Diana Maron

12:00 – 13:00 – Recital Palestra

Dinorá de Carvalho e suas canções de câmara – Flávio Carvalho

13:00 – 14:00 – Almoço

14:00 – 15:30 – 2ª Mesa (Carlos Alberto Figueiredo, mod.):

• Canções de Paolo Tosti interpretadas em português pelo barítono Ernesto De Marco: a questão da tradução no início do século XX – Daniela da Silva Moreira & Luiz Guilherme Duro Goldberg

• Hibridismos Corais no Brasil – da identidade nacional à MPB – Paulo Celso Moura

• Sobre cavalos, boi e música – Max Lima

15:30 – 17:00 – Mesa Africanias – Andrea Adour (org.):

• Tradução e versão: resignificando a produção universitária de ópera com versões e traduções em língua portuguesa dos libretos – Andrea Adour & Daniel Salgado Luz

• A construção da feminilidade negra a partir do vocabulário a respeito do feminino na ópera Lídia de Oxum – Antonilde Rosa Pires & Andrea Adour

• “No Terreiro de Alibibi”, obra mais perfeita da gravação nacional, enquanto escuta de modernistas, e suas traduções em africanias nos dias de hoje – Eduardo Fonseca de Brito Lyra & Andrea Adour

Quinta-feira, 05 de fevereiro

10:00 – 11:30 – 3ª Mesa – (Mário Trilha, mod.)

• Análise comparativa do Uso da Tabela Fonética do Português Brasileiro Cantado por Cantores Argentinos Com e Sem o Uso de Uma Pista Audiovisual – Adriano de Brito Pinheiro

• Variação geográfica e social da pronúncia do Português Cantado “Ciranda de Manaus” Registro e Novas Observações da Pronúncia Manauense do Português Cantado – Taís D. L. Vieira

• A variedade de línguas nacionais em canções publicadas em periódicos brasileiros antes de 1922 – Alberto Pacheco

11:30– 13:00 – 4ª Mesa: (Alberto Pacheco, mod.)

• Salvini: viagem musical à vida desconhecida de um artista extraordinário – Tânia Valente

•A Opera(Na)Cionalidade da língua portuguesa – António Salgado

• A Pronúncia do Português Brasileiro e do Português Europeu no Canto: Um estudo acústico e articulatório das vogais orais – Marilda Costa & Luís M. T. Jesus & Moacyr Costa Filho & Antônio Salgado

13:00 – 14:00 – Almoço

14:00 – 15:00  – Masterclass: O uso da sílaba melódica para o tratamento do nasal no PB Cantado – Dra. Sheila Negro (EVPM/UNESP), com participação de Wladimir Mattos (UNESP)

15:00 – 16:00 – Grupo de trabalho “Acervos da canção brasileira de câmara” – Lenine Santos & Sheila Negro (Coord.)

16:00 – 17:00 – Recital – Marilda Costa e Moacyr Costa

Sexta-feira, 06 de fevereiro

10:00 – 11:30 – 5ª Mesa (Wladimir Mattos, mod.):

• Principais características composicionais da parceria entre dois artistas paulistanos: canções de Camargo Guarnieri e Suzanna de Campos – Josani Keunecke Pimenta

• Parnasianismo Musical: relações entre texto e música na canção As Estrelas, de Lorenzo Fernândez, sobre poesia de Olavo Bilac – Veruschka Mainhard

• Poesia e música em Seis Líricas (1932) de Francisco Mignone, com texto de Yde Schloembach Blumenschein (Colombina). Uma análise retórica. Agda Yumy Shirayanagui de Sousa Amaral & Mario Marques Trilha

11:30– 12:30 – 6ª Mesa: (Andrea Adour, mod.):

• A recepção da língua portuguesa cantada na Europa do século XIX – Giorgio Monari

• A sílaba melódica e a abordagem articulatória do canto – Wladimir Mattos

13:00 – 14:00 – Almoço

14:00 – 16:30 – Grupo de Trabalho “O Português Brasileiro Cantado (PB Cantado)” – Wladimir Mattos (coord.)

16:30 – 16:50 – Homenagem Póstuma à Martha Herr – Wladimir Mattos e Adriana Giarola

16:50 – Encerramento com Alberto Pacheco e Andrea Adour


Proponente e coordenação Geral:

Prof. Dr. Alberto Pacheco (UFRJ, Líder do Grupo de Pesquisa “Polo Caravelas Brasil”)

Comissão Científica:

Prof.a Dr.a Adriana Giarola Kayama (UNICAMP)
Prof. Dr. Alberto Pacheco (UFRJ)
Prof.a Dr.a Andrea Adour (UFRJ)
Prof. Dr. David Cranmer (CESEM, UNL, Portugal)
Prof. Dr. Mário Trilha (UEA)
Ricardo Ballestero (USP)
Wladimir Mattos (UNESP)

Conferencistas Convidados:

Prof.a Dr.a Adriana Giarola Kayama (UNICAMP)
Prof.a Dr.a Andrea Adour (UFRJ)
Prof.a Dr.a Ana Maria Liberal (Universidade Católica do Porto, Portugal)
Prof. Dr. David Cranmer (CESEM, UNL, Portugal)
Prof. Dr. Flávio Carvalho (UFU)
Prof. Dr. Guilherme Goldberg (UFPel)
Prof. Dr. Giorgio Monari (Itália)
Prof. Dr. Inácio de Nonno (UFRJ)
Prof.a Dr.a Josani Pimenta (UFU)
Prof. Dr. Márcio Páscoa (UEA)
Prof. Dr. Mário Trilha (UEA)
Prof.a Dr.a Luíza Cymbron (CESEM, UNL, Portugal)
Prof. Dr. Ricardo Ballestero (USP)
Dr.a Tânia Sofia Valente (Portugal)
Prof.a Dr.a Weruschka Mainhardt (UFRJ)
Prof. Dr. Wladimir Mattos (UNESP)
Prof.a Dr.a Kathryn Hartgrove (Salt Lake City, EUA)

Comissão executiva:

Prof. Dr. Alberto Pacheco (UFRJ)
Prof.a Dr.a Andrea Adour (UFRJ)
Prof. Dr. David Cranmer (CESEM-UNL, Portugal)
Dr. Suely Campos Franco (UFRJ)
Prof. Dr. Wladimir Mattos (UNESP)
Ruthe Pocebon (Mestranda da PPGM, UFRJ)
Diana Maron (Mestranda da PPGM, UFRJ)
Bolsistas do Departamento Vocal UFRJ

Escrito por PPGM-UFRJ

Programa de Pós-Graduação em Música da UFRJ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s