O Programa de Pós-Graduação em Música da UFRJ recebe nesta quarta-feira, 10 de outubro de 2018, o guitarrista, compositor, arranjador e produtor musical Bernardo Ramos para mais uma edição do Projeto Compositores. Bernardo realizará um concerto-palestra apresentando peças escritas para o seu novo quinteto, ao vivo, comentando os processos e métodos de criação das obras, com abordagem nas articulações entre, performance, composição e pesquisa acadêmica. A coordenação é do prof. Pauxy Gentil-Nunes.

Bernardo Ramos Integrou a Itiberê Orquestra Família durante 10 anos, com a qual gravou três álbuns e se apresentou nas mais importantes salas de concerto do Brasil e da América Latina, além dos mais representativos festivais de jazz do país. Nesse período, Bernardo teve a oportunidade de absorver profundamente os princípios e técnicas da escola hermetiana, podendo desenvolver sua própria voz, uma abordagem particular da riqueza legada pelos mestres.

Como instrumentista, atuou junto a importantes artistas da música brasileira, tais como: Hermeto Pascoal, Idriss Boudrioua, Arismar do Espírito Santo, Nenê, Leny Andrade, Dori Caymmi, Joyce Moreno, entre outros.

Bernardo integra o grupo Bamboo, trabalho de grande destaque na cena de jazz contemporâneo brasileira, com o qual gravou dois álbuns autorais: Bamboo (2010) e Abertura (2012). Em 2016, gravou para o selo japonês Spiral Music o álbum Gesto, em trio com Joana Queiroz e Rafael Martini.

Atua também em duo com o pianista Rafael Vernet, no sexteto de Joana Queiroz – com o qual gravou dois álbuns: Uma maneira de dizer (2012) e Boa noite pra falar com o mar (2016) – além de trabalhar como guitarrista, produtor e arranjador em projetos como o recém lançado disco da cantora Fernanda Gonzaga, Toda pessoa pode ser Invenção, em homenagem ao pai, Gonzaguinha.

Em parceria com Naná Vasconcelos, compôs a trilha musical do espetáculo teatral Capitães da Areia (adaptação de Vitor Hugo), indicada ao prêmio Shell na categoria melhor música. Bernardo foi o vencedor da edição de 2009 do Festival Instrumental de Guarulhos.

Atuou como diretor musical nas gravações dos discos do sexteto de sopros Inventos e, na edição de 2013 do Festival Villa-Lobos, Bernardo atuou como guitarrista, arranjador e diretor musical do concerto em homenagem aos 70 anos de Dori Caymmi, no Espaço Tom Jobim, com a participação do próprio Dori, Nana e Danilo Caymmi, além de Joyce Moreno.

PROJETO COMPOSITORES – BERNARDO RAMOS
PALESTRA Processos e métodos de criação musical para quinteto de jazz
Coordenação de Pauxy Gentil-Nunes

Quarta-feira, 10 de outubro – 16:00.
Escola de Música da UFRJ – Prédio III – Auditório
Edifício Ventura* – Av. República do Chile, 330, Torre Leste – 21o. Andar
Centro – Rio de Janeiro – RJ

* É necessário o comparecimento com pelo menos 20 minutos de antecedência do horário marcado, para retirada do crachá na portaria; para usar os elevadores, é preciso digitar o número 21 e apertar a tecla confirma; é vedada a entrada no edifício de visitantes trajando bermuda e/ou chinelos.

Mais informações pelo e-mail posgraduacao@musica.ufrj.br ou pelo telefone 2262-8742

Escrito por PPGM-UFRJ

Programa de Pós-Graduação em Música da UFRJ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s