O Programa de Pós-Graduação em Música da UFRJ divulga o cronograma geral das provas síncronas por videoconferência do processo classificatório dos editais de acesso aos cursos de Doutorado e Mestrado de 2022 e a relação das candidaturas deferidas na primeira fase do processo seletivo.

1. Calendário de provas:

MESTRADO

Provas Dissertativa Geral e Dissertativa Específica: 16 e 17 de maio de 9:00 às 18:00
Defesa de Anteprojeto de Pesquisa: 18 de maio de 9:00 às 18:40

DOUTORADO

Provas Dissertativa Geral e Dissertativa Específica: 23 e 24 de maio de 9:00 às 18:00
Defesa de Anteprojeto de Pesquisa: 25 de maio de 9:00 às 18:40

As provas síncronas por videoconferência serão realizadas através da plataforma Google Meet, com links e horários individuais para cada uma das provas sendo enviados aos candidatos por meio dos e-mails informados no ato da inscrição.

2. Inscrições deferidas:

MESTRADO

Área: Educação Musical – Linha: Música, Educação e Diversidade

Musicalidade Abrangente na pós-modernidade: processos integrados de produção, transmissão e aquisição de conhecimento musical em situações formais, não-formais e informais de ensino e aprendizagem na diversidade etnográfica das vivências musicais no Brasil (Grupo de Pesquisa: Educação Musical, Musicalidade Abrangente e Diversidade Cultural. Orientadores: João Miguel Bellard Freire, Fábio Adour) – 02 vagas.

1. Adeilson Cassiano da Silva
2. Arthur Antonio Fernandes da Silveira
3. Bernardo Fajoses Barbosa
4. Cláudia Veras Neves Bastos
5. Daniel Lisboa Sant’Ana
6. Leon dos Santos Navarro
7. Luís Eduardo Pinheiro de Oliveira

Área: Musicologia – Linha: Etnografia das Práticas Musicais

Por um conhecimento polifônico: perspectivas críticas sobre a pesquisa etnomusicológica em experiências de colaboração internacional (Grupo de Pesquisa: Laboratório de Etnomusicologia. Orientador: Jonas Lana) – 02 vagas.

1. André Luiz Souza Ferreira Pinto
2. Marcos Esteves Tannuri
3. Yuri André Madeira Almeida

Área: Musicologia – Linha: História e Documentação da Música Brasileira e Ibero-americana

Música brasileira dos séculos XIX e XX: práticas composicionais em perspectiva histórico-analítica
(Grupo de Pesquisa: Música Brasileira em Perspectiva. Orientador: João Vicente Vidal) – 02 vagas.

1. Joyce Veiga Teixeira

Área: Processos Criativos – Linha: Poéticas da Criação Musical

Pesquisa Artística e Autoetnografia em composição musical (Orientador: Pauxy Gentil-Nunes) – 01
vaga.

1. Jonas Hocherman Corrêa

Área: Processos Criativos – Linha: Práticas Interpretativas e seus Processos Reflexivos

Performance e sonoridade coral, com ênfase no repertório coral composto a partir de 1950
(Orientadora: Maria José Chevitarese) – 01 vaga.

1. Feliciano de Castro Comé

Performance e música brasileira: improvisação, articulação e sonoridade (Orientador: Paulo
Henrique Loureiro de Sá) – 01 vaga.

1. Matheus Viana Alves

DOUTORADO

Área: Educação Musical – Linha: Música, Educação e Diversidade

Musicalidade Abrangente na pós-modernidade: processos integrados de produção, transmissão e
aquisição de conhecimento musical em situações formais, não-formais e informais de ensino e
aprendizagem na diversidade etnográfica das vivências musicais no Brasil
(Grupo de Pesquisa:
Educação Musical, Musicalidade Abrangente e Diversidade Cultural. Orientadores: João Miguel
Bellard Freire, Fábio Adour. Idioma indicado: Espanhol) – 02 vagas.

1. Reinaldo Santos de Oliveira Souza
2. Leonardo dos Santos Silva Soares
3. Mônica Coropos de Oliveira

Área: Musicologia – Linha: História e Documentação da Música Brasileira e Ibero-americana

Patrimônio Musical: práticas, representações e políticas públicas (Grupo de Pesquisa: Novas Musicologias. Orientadora: Márcia Taborda. Idioma indicado: francês) – 01 vaga.

1. Robert Moura dos Reis
2. Agata Christie Rodrigues Lima da Silva

Área: Processos Criativos – Linha: Poéticas da Criação Musical

Desenvolvimento de sistemas composicionais (Grupo de Pesquisa: MusMat. Orientador: Liduino
Pitombeira. Idioma indicado: francês) – 01 vaga.

1. Pedro Faria Proença Gomes

Área: Processos Criativos – Linha: Práticas Interpretativas e seus processos reflexivos

Performance e sonoridade coral, com ênfase no repertório coral composto a partir de 1950
(Orientadora: Maria José Chevitarese. Idioma indicado: francês) – 01 vaga.

1. Rachel de Abreu Pereira

Escrito por PPGM-UFRJ

Programa de Pós-Graduação em Música da UFRJ