A Identificação da Estrutura Métrica na Gravação da Peça Salvador para Violão Solo de Egberto Gismonti

A Identificação da Estrutura Métrica na Gravação da Peça Salvador para Violão Solo de Egberto Gismonti 📄
Juliano Camara Santos | Marcia Taborda

Resumo: Este artigo discute procedimentos rítmicos recorrentes na performance do multi-instrumentista Egberto Gismonti na gravação solo de sua composição Salvador para violão de 8 cordas (SOLO, 1979). Foram identificadas na gravação, operações rítmicas que contribuem para a sensação de obscurecimento do pulso e da percepção da estrutura métrica, como a modulação métrica, a multimetria e os ritmos acrescentados. A partir das conceitualizações de Weisberg, Winold e Messiaen demonstraremos como o aprofundamento desta literatura específica contribui para a identificação auditiva da estrutura métrica na obra Salvador, possibilitando a feitura da transcrição para a notação musical da referida gravação.[1]

Palavras-chave: Estrutura Métrica. Violão de 8 Cordas. Egberto Gismonti. Transcrição para Violão.