Andrea Adour

AndreaProfessora permanente

Bacharel em Desenho Industrial pela PUC-Rio, Mestre em Música – Canto pela UFRJ, onde defendeu a dissertação: A Dobra: o resgate da poética perdida no percusrso histórico da música, e Doutora em Educação pela UFMG, onde defendeu a tese Vissungo: o cantar banto nas Américas. Foi professora substituta na UFRJ, UERJ e UFMG. Em 2006 ingressou como professora efetiva na UFOP e em 2013 foi redistribuída para a UFRJ onde é Professora do Departamento Vocal. Como intérprete, privilegia o repertório camerístico dos séculos XX e XXI, sobretudo da música brasileira. Destaca-se seu trabalho, há 20 anos, com o Duo Adour. Como pesquisadora, investiga, desde 2004, a presença de africanias na música vocal brasileira.