Descrição física

A descrição física é um elemento complementar e refere-se ao número total de páginas ou volume, à existência de material ilustrativo e ao formato.

Número de páginas ou volumes

Se a publicação referenciada constituir apenas um volume, indica-se o número total de páginas (quando numeradas no anverso e no verso) ou de folhas (se numeradas apenas no anverso, como ocorre nos trabalhos acadêmicos), seguido da abreviatura p. ou f.

Se a publicação constituir mais de um volume, registra-se o total deles, seguida da abreviatura “v”.

Ex.:

107 p.

61 f.

860 p (cerca de 860 páginas)

2 v.

Se a obra incluir páginas numeradas em algarismos romanos no início (pré- texto), ou no final da obra (pós-texto) e se o conteúdo for relevante, estas devem ser registradas em letra minúscula.

Para obra constituída de apenas uma unidade física (volume):

Ex.:

FELIPE, Jorge Franklin Alves. Previdência social na prática forense. 4. Ed. Rio de Janeiro: Forense, 1994. viii, 236 p.

PRAXADE, Walter; PILLETI, Nelson. O Mercosul e a sociedade global: livro do professor. São Paulo: Ática, 1994. 63, viii p.

Se o número de volumes bibliográficos diferir do número de volumes físicos, indica-se o primeiro (o número de volumes bibliográficos), seguido do numero de volumes físicos.

Ex.:

SILVA, De Plácido. Vocabulário jurídico. 4.ed. Rio de Janeiro: Forense, 1996. 5 v. em 3.

Para referenciar partes de publicações avulsas e de artigos de periódicos, indicar a página inicial e a página final da parte, precedidas das abreviaturas p ou f.

Ex.:

ROMANO, Giovanni. Imagens da juventude na era moderna. In: LEVI, G;

SCHIMIDT, J. (Org.). História dos jovens 2. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. p. 7-16.

COSTA, V.R. À magem da lei: O programa Comunidade Solidária. Em Pauta: revista da Faculdade de Serviço Social da UERJ, Rio de Janeiro, n. 12, p. 131- 148, 1998.

Se a publicação não for paginada ou for paginada irregularmente, indicase esta característica.

Ex.:

MACEDO, Antônio Carlos Guimarães de. Tudo ou nada. Rio de Janeiro: Contemporânea, 1987. Não paginado.

MARQUES, M. P.; LANZELOTTE, R. G. Banco de dados e hypermídia: construindo um metamodelo para o projeto Portinari. Rio de Janeiro: PUC, Departamento de Informática, 1993. Paginação irregular.

Ilustrações

Em geral, a indicação de ilustração de qualquer natureza, quando mencionada é feita da através da abreviatura il. il, color. (no caso de ilustrações coloridas)

Ex.:

BRASILIEN: entdeckungundselbstendeckung. Zürich: Junifestwochen, 1992. 527 p. il.

AZEVEDO, Marta R. de. Viva vida: estudos sociais, 4. São Paulo: FTD, 1994. 194 p., il. color.

Se a publicação consistir total ou predominantemente de ilustrações, pode-se usar os termos:

• il.,
• principalmente il.
• somente il.

Ex.:

BAPTISTA Z.; BATISTA, N. O foguete do Guido. Ilustrações de Marilda Castanha. São Paulo: Ed. Do Brasil, 1992. 15 p., principalmente il.. color.

CHUREIRE, C. Marca angelical. Ilustração Luciene Fadel. Petrópolis: Vozes, 1194. 18 p., somente il.

Porém, caso se deseje registrar o número e a natureza da ilustração, deve-se fazê-lo de forma específica.

Ex.:

CAUBET, Christian. Fundamentos políticos econômicos da apropriação dos fundos marinhos. Florianópolis: UFSC, 1979. 207 p., 6 mapas.

Dimensões

A altura, em centímetros, da publicação é a indicação adotada em geral, porém em formatos excepcionais, pode-se indicar também a largura.

Ex.:

21 cm

20 cm x 60 cm

Ex.:

DUCHEMELLO, T. Lãs, linhas e retalhos. 3. ed. São Paulo: Global. 1993. 61 p., il. 16 cm x 23 cm.