Elegia para quarteto de cordas: considerações sobre processo composicional e textura

Elegia para quarteto de cordas: considerações sobre processo composicional e textura 📄
Alexandre de Paula Schubert

Resumo: O presente trabalho tem por objetivo apresentar considerações sobre o processo composicional e sobre o uso da textura musical em Elegia, peça para quarteto de cordas de minha autoria. Foram importantes as referências à tradição vienense, representadas por Beethoven e pela Segunda Escola de Viena, e à Villa-Lobos, em especial seus quartetos de cordas 1, 6 e 14. Elegia foi estruturada em duas partes, sendo a primeira uma fuga e a segunda, uma reutilização de material proveniente de Móbile, de minha autoria.

Palavras-chave: Composição. Quarteto de cordas. Textura.