Ensino coletivo de música em escolas regulares e espaços não-formais.

Ensino coletivo de música em escolas regulares e espaços não-formais 📄
Reinaldo S. de Oliveira Souza | Thelma B. S. Alvares | João Miguel Freire

Resumo: Esta pesquisa é um estudo de caso que objetiva gerar apontamentos e subsídios que auxiliem na atuação do professor de música, a partir da aplicação de metodologias de ensino coletivo de violão em escolas regulares e espaços não-formais. Nossa práxis no Projeto de Manguinhos e na rede regular de ensino de Belford Roxo tem como metodologias basilares as diretrizes filosóficas propostas por Freire (2011), sintonizadas com as concepções crítico social dos conteúdos, de inspiração dialética, e na concepção pós-moderna de educação, fundamentados em; Libâneo (1990), Giroux (1992), Lukesi (1998), Perrenoud (1999) e outros consultados, todos eles sintonizados com o pensamento pós-moderno.

Palavras-chave: Música. Violão. Ensino Coletivo. Transformação.