Falas, discursos, legitimação e outras bossas: Uma proposta de análise dos discursos textuais da Bossa Nova

Falas, discursos, legitimação e outras bossas: Uma proposta de análise dos discursos textuais da Bossa Nova 📄
Tiago dos Santos de Souza | Maria Alice Volpe

Resumo: O artigo tem como objetivo analisar o texto escrito por Tom Jobim (1927-1994) para a contracapa do disco Chega de Saudade de João Gilberto (1931), lançado em 1958. A Bossa Nova se apropriou de um conjunto particular de elementos, oriundos do Samba e do Jazz, sendo esse aspecto muito criticado por setores da sociedade da época. Diante disso, entenderemos certas falas efetuadas por artistas desse estilo como estratégias, entrevendo nessa práxis, a possibilidade de elaboração de uma Identidade Culturalespecífica. Operacionalizaremos nesse artigo elementos teóricos da Economia das trocas simbólicas de Pierre Bourdieu, e da Análise do Discurso Crítica.

Palavras Chave: Bossa Nova. Análise do discurso. Identidades Culturais.