Geração de repositórios composicionais a partir da modelagem sistêmica de Lilian

Geração de repositórios composicionais a partir da modelagem sistêmica de Lilian 📄
Claudia Usai | Max Kühn | Liduino Pitombeira

Resumo: Neste trabalho, propomos a modelagem sistêmica de Lilian, para piano, de Remo Usai (1928), com o objetivo de gerar repositórios composicionais, os quais serão utilizados para o planejamento composicional de uma obra para quinteto de metais. Este trabalho é associado ao projeto de pesquisa “Modelagem sistêmica a partir de gestos harmônico-melódicos de pequenas peças brasileiras”, vinculado ao Programa de Pós-graduação em Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro e coordenado pelo Prof. Liduino Pitombeira. A modelagem sistêmica (MORAES; PITOMBEIRA 2011,2012 e 2013) é efetivada a partir de uma análise do texto musical original tomando como perspectiva a identificação dos objetos e de suas inter-relações, as quais são formalizadas em uma série de declarações generalizadas, engendrando a definição de um sistema composicional (LIMA, 2011). Para cada obra analisada é realizada uma análise prospectiva inicial para identificar o melhor conjunto de parâmetros que conduza a um modelo satisfatório da obra. No caso específico de Lilian, utilizaremos a análise harmônica (alfanumérica, gradual e funcional), o conceito de conexão parcimoniosa (COHN, 1998) em níveis micro e macroestrutural, a Teoria dos Contornos (SAMPAIO, 2012) e a segmentação em camadas.

Palavras-chave: Modelagem sistêmica. Sistemas composicionais. Planejamento composicional.