Inscrições em disciplinas 2017-2

AGENDA

  • Inscrições para alunos matriculados no Doutorado (SIGA) – 15/07/2017 a 25/07/2017
  • Inscrições para alunos matriculados no Mestrado (SIGA) – 15/07/2017 a 25/07/2017
  • Inscrições para alunos externos em regime especial (Inscrição online no link abaixo) – 27/07/2017 a 29/07/2017

PPGM-UFRJ Alunos Especiais 2017-2 – Formulário de inscrição

  • Início das aulas – 14/08/2017

* Atenção – As disciplinas obrigatórias oferecidas para alunos especiais terão apenas suas cargas horárias aproveitadas em eventuais equivalências de disciplinas. Ou seja, caso haja matrícula posterior, elas deverão ser cursadas novamente durante a vigência da matrícula oficial no curso.

DISCIPLINAS 2017-2 – Complemento

Luiz Paulo v03 Azul.pngSeminários Avançados em Musicologia I (MUD 801). Prof. Luiz Paulo Sampaio. Terças-feiras, 14:00 às 17:00, Sala 2104 (15 vagas). Disciplina obrigatória para alunos da área de Musicologia do curso de Doutorado do PPGM-UFRJ e optativa para demais alunos de Doutorado, Mestrado e alunos externos em regime especial – inscrição online no início da página. Mapeamento das questões críticas da pesquisa em Musicologia, com ênfase nas tendências recentes, refletindo sobre os problemas teórico-conceituais e metodológicos dos discursos sobre a música de diversas tradições. O debate privilegia autores e textos representativos de diversas abordagens da pesquisa na área, visando intensificar a interlocução entre questões históricas, antropológicas, sociológicas, teóricas, analíticas e críticas, evidenciando as principais tendências e correntes de pensamento das subáreas em questão e suas respectivas inter-relações. Ênfase no problema da significação musical e sua influência na evolução do pensamento musical do Ocidente: da codificação simbólica à análise sistemática. Uma perspectiva histórica a partir do enfoque semiológico.

Carlos Alberto v03 Sepia.png

José Maurício Nunes Garcia – criação e recepção (Tópicos Especiais em Musicologia I – MUD 824). Prof. Carlos Alberto Figueiredo. Segundas-feiras, 14:00 às 17:00, Sala 2104 (15 vagas). Disciplina optativa para alunos dos cursos de Doutorado e Mestrado do PPGM-UFRJ e alunos externos em regime especial – inscrição online no início da página. José Maurício Nunes Garcia, considerado o mais importante compositor brasileiro do período colonial completa 250 anos de nascimento em 2017. Sua imensa obra é majoritariamente sacra, com algumas incursões no profano. Partindo da tripartição semiológica proposta por Molino e desenvolvida por Nattiez, será feito um estudo dos fatores condicionantes da criação e recepção da obra mauriciana, sem deixar de lado considerações analíticas sobre o nível neutro de algumas das obras.

DISCIPLINAS 2017-2

João MiguelMetodologia da Pesquisa em Música (MUD 781). Prof. João Miguel Bellard Freire. Quintas-feiras, 14:00 às 17:00, Sala 2104 (15 vagas). Disciplina obrigatória para todos os alunos do curso de Mestrado do PPGM-UFRJ, aberta para alunos especiais, caso haja vagas* – consulte a agenda no início da página.  Discussão acerca dos aspectos metodológicos e da importância dos métodos de pesquisa para o trabalho acadêmico em Música, enfatizando as conexões entre o conhecimento técnico-profissional e os demais campos do conhecimento em Música. Abordagem da sistemática geral da pesquisa, focalizando a definição do objetivo/problema, da contextualização teórica e da elaboração de projetos de pesquisa. Revisão da literatura sobre técnicas de coleta de dados, sistematização, análise e apresentação de resultados.


FredericoJosé Alberto 03

Metodologia da Pesquisa em Música (MUD 781). Profs. José Alberto Salgado e Frederico Barros. Terças-feiras, 17:00 às 20:00, Sala 2104 (15 vagas). Disciplina obrigatória para todos os alunos do curso de Mestrado do PPGM-UFRJ, aberta para alunos especiais, caso haja vagas* – consulte a agenda no início da página. Discussão acerca dos aspectos metodológicos e da importância dos métodos de pesquisa para o trabalho acadêmico em Música, enfatizando as conexões entre o conhecimento técnico-profissional e os demais campos do conhecimento em Música. Abordagem da sistemática geral da pesquisa, focalizando a definição do objetivo/problema, da contextualização teórica e da elaboração de projetos de pesquisa. Revisão da literatura sobre técnicas de coleta de dados, sistematização, análise e apresentação de resultados.


Seminários de Educação Musical I (MUD 731). Profs. Thelma Álvares, Sergio Álvares, João Miguel Bellard Freira, Fabio Adour e Helen Jardim. Quintas-feiras 17:00 às 20:00, Sala 2104 (15 vagas). Disciplina obrigatória os alunos do curso de Mestrado do PPGM-UFRJ vinculados à linha “Música, Educação e Diversidade”, aberta para alunos de outras linhas e alunos especiais, caso haja vagas* – consulte a agenda no início da página. Revisão crítica de literatura da área da Educação Musical e de educação geral a ela correlata, evidenciando as principais tendências e correntes de pensamento das áreas em questão e as respectivas inter-relações.


MidoriMarcos

Seminários de Processos Criativos I (MUD 701). Profs. Marcos Nogueira e Midori Maeshiro. Quartas-feiras, 14:00 às 17:00, Sala 2104 (15 vagas). Disciplina obrigatória para os alunos do curso de Mestrado do PPGM-UFRJ da área de Processos Criativos e aberta para alunos especiais, caso haja vagas* – consulte a agenda no início da página. Introdução panorâmica às diversas subáreas da pesquisa em composição musical e práticas interpretativas, com apoio em bibliografia que contemple as principais linhas de investigação e seus autores exponenciais, bem como os quadros teóricos e metodológicos da subárea.


MAVSeminários em Musicologia I (MUD 721). Profa. Maria Alice Volpe. Quintas-feiras, 14:00 às 17:00, Sala 2105 (10 vagas). Disciplina obrigatória para os alunos do curso de Mestrado do PPGM-UFRJ da área de Musicologia e aberta para alunos especiais, caso haja vagas* – consulte a agenda no início da página. Introdução panorâmica às diversas subáreas da musicologia, separada ou conjuntamente, com apoio em bibliografia que contemple as principais linhas de investigação e seus autores exponenciais. Estudo teórico-conceitual da musicologia tout cour, desde as origens da disciplina até o pós-guerra, com base na leitura de textos representativos da musicologia internacional, em suas diversas correntes: alemã, francesa, italiana, inglesa e americana.


Fabio Adour foto para livro 2014Transcrição Musical (Tópicos Especiais em Educação Musical I – MUD 735). Prof. Fabio Adour. Quartas-feiras, 14:00 às 17:00, Sala 2113 (10 vagas). Disciplina optativa para alunos do curso de Mestrado do PPGM-UFRJ e alunos externos em regime especial – consulte a agenda no início da página. Transcrição Musical em suas duas concepções mais comumente empregadas: a que entende a expressão como transposição de um material musical de um meio vocal/intrumental a outro; e a que a identifica com a prática do reconhecimento auditivo. Etimologicamente, a palavra transcrição remete ao registro escrito, no entanto ela será empregada de modo abrangente, incluindo a possibilidade de registro apenas na memória e no corpo. Além do estudo da bibliografia referente às duas vertentes conceituais, ênfase será dada aos desdobramentos relativos à importância de ambas para a educação musical, por meio da investigação das diversas práticas empregadas nos processos de ensino-aprendizagem.


Alberto 02A Interpretação historicamente orientada e a questão da ‘autenticidade’ (Tópicos Especiais em Práticas Interpretativas I – MUD 707). Prof. Alberto Pacheco. Sextas-feiras, 14:00 às 17:00, Sala 2101 (15 vagas). Disciplina optativa para alunos do curso de Mestrado do PPGM-UFRJ e alunos externos em regime especial – consulte a agenda no início da página. O assim chamado movimento da Música Antiga ganhou inegável força durante o século XX ao influenciar numerosos intérpretes que buscavam reconstituir ou “resgatar” a sonoridade perdida da música dos séculos passados. Esta busca se deu em várias frentes de pesquisa e reflexão, que iam desde o estilo interpretativo até os instrumentos musicais “originais”, passando por editar e executar o respectivo repertório e por se ater a questões didáticas, literárias, sociais e culturais como um todo. Como consequência, uma grande quantidade de informação foi sendo reunida e disponibilizada, na forma de gravações, edições musicais, livros, artigos, documentários etc, colaborando assim com uma interpretação musical mais rica e historicamente informada do repertório. No entanto, vários foram aqueles que criticaram esse mesmo movimento, pondo em cheque o conceito de “autenticidade” na interpretação musical ao considerá-lo uma utopia. Sendo assim, esta disciplina pretende ater-se à própria história do movimento da Música Antiga, desde seu início até os dias de hoje, e a partir daí refletir sobre a validade do próprio conceito de Autenticidade Histórica. Para tanto, será utilizada a bibliografia moderna sobre assunto, levando em conta tanto os autores que defendem o movimento historicista quanto aqueles que o criticam.


Frederico 02José Alberto

Pierre Bourdieu e Howard Becker: duas abordagens sociológicas para o estudo da música (Tópicos Especiais em Musicologia I – MUD723). Profs. Frederico Machado de Barros e José Alberto Salgado. Quartas-feiras, 10:00 às 13:00, Sala 2107 (10 vagas). Disciplina optativa para alunos do curso de Mestrado do PPGM-UFRJ e alunos externos em regime especial – consulte a agenda no início da página. O curso se divide em duas unidades, cada uma concentrando-se na contribuição de um dos autores supracitados. Na primeira, serão lidos textos diversos do legado de Pierre Bourdieu, buscando dar conta de temas como as relações entre campo e habitus, poder simbólico e as diversas formas de capital. Na segunda unidade, concentraremo-nos no livro Mundos da Arte (Art Worlds, no original), de Howard Becker, no qual o autor desenvolve e desdobra a ideia de tratar a arte como um fenômeno intrinsecamente coletivo. Pretende-se, por meio das leituras e discussão em sala de aula, estudar as especificidades das contribuições desses dois autores, investigando-lhes pressupostos, apontando-lhes os limites e explorando potencialidades mais significativas para o estudo da música e fenômenos relacionados no espaço social.


MarciaLiduinoSeminários Avançados em Processos Criativos I (MUD803). Liduino Pitombeira e Marcia Taborda. Quartas-feiras, 11:00 às 14:00, Sala 2104 (15 vagas). Disciplina obrigatória para alunos da área de Processos Criativos do curso de Doutorado do PPGM-UFRJ e alunos externos em regime especial, caso haja vagas* – consulte a agenda no início da página. Discussão de temas diversos da pesquisa em processos criativos em música, promovida por pesquisadores do corpo docente do Programa e/ou convidados externos com produção expressiva em suas respectivas especialidades, através de revisão de literatura e reflexão, visando à atualização de conhecimentos e divulgação de avanços da ciência nos variados domínios de criação e interpretação musicais contemplados na área de concentração em questão, com vistas a subsidiar o desenvolvimento de pesquisas e análises.


 

Aplicações musicais de Inteligência Artificial (Tópicos Especiais em Processos Criativos IMUD 823) Profs. Carlos Almada, Carlos Volotão (IME), Liduino Pitombeira e Pauxy Gentil-Nunes. Terças-feiras, 17:00 às 20:00, Sala 2117 (15 vagas). Disciplina optativa para alunos matriculados nos cursos de Mestrado ou Doutorado do PPGM-UFRJ e externos em regime especial – consulte a agenda no início da página. A primeira parte desta disciplina apresenta fundamentos teóricos de dois conceitos associados ao processamento computacional, a saber, redes neurais artificiais e algoritmos genéticos, bem como aspectos práticos de sua implementação e funcionamento. Na segunda parte do curso são discutidas as aplicações de ambos os conceitos no âmbito específico da composição musical, visando ao entendimento criativo por intermédio dos recursos de inteligência artificial e de suas correlações com o processamento composicional humano.


RipperCriação em Ópera II (Tópicos Especiais em Processos Criativos II – MUD825). Prof. João Guilherme Ripper. Sextas-feiras, 14:00 às 17:00, Sala 2104 (15 vagas). Disciplina optativa para alunos matriculados nos cursos de Mestrado ou Doutorado do PPGM-UFRJ e externos em regime especial – consulte a agenda no início da página. Desenvolvimento de projetos de criação de ópera, incluindo a escolha do tema, criação do libreto e composição da música.


Contribuições sobre as múltiplas manifestações do ritmo: a diversidade complexa do tópico mais fundamental na música (Tópicos Especiais em Processos Criativos III – MUD 826). Profs. Rodolfo Caesar, José Augusto Mannis (UNICAMP), Marcelo Carneiro e Alexandre Fenerich (UNIRIO), Aline Couri (EBA-UFRJ) e Analu Cunha (UERJ), Luiza Alvim, André Luis Oliveira (UFRJ, Pós-Doutorandos). Segundas-feiras, 14:00 às 17:00, Sala 2112 (15 vagas). Disciplina optativa para alunos matriculados nos cursos de Mestrado ou Doutorado do PPGM-UFRJ e externos em regime especial – consulte a agenda no início da página). Discussão abrangente de temas de pesquisa em processos criativos em música enfocando o ritmo, promovida por pesquisadores do corpo docente do Programa e convidados externos com produção teórica e prática em suas respectivas especialidades. Serão apresentadas diversas noções e aspectos do ritmo, seja na escuta musical ou na experiência em geral, em suas diversas seções e interseções entre a experiência comum e as produções artísticas: as artes do vídeo, o cinema, as artes do som, a música instrumental e eletroacústica e a bioacústica. Os ritmos a-métricos de animais e as mínimas organizações rítmicas da música, os padrões rítmicos na montagem cinematográfica, a interseção entre movimento e ritmo na escuta, as relações rítmicas em trabalhos de arte contemporânea, o papel do ritmo na inteligibilidade do logos e na construção da linguagem, assim como as noções de tempo e espaço na música acusmática, no vídeo-música e nas linguagens sonoras e audiovisuais.


A JardimMusas e música, uma aproximação filosófica (Tópicos Especiais em Processos Criativos IV – MUD 827). Prof. Antonio Jardim. Terças-feiras, 11:00 às 14:00, Sala 2104 (15 vagas). Disciplina optativa para alunos matriculados nos cursos de Mestrado ou Doutorado do PPGM-UFRJ e externos em regime especial – consulte a agenda no início da página. A disciplina aproxima música e memória a partir da relação integral entre o mito das musas e a vigência da música, realizando uma disposição para o memorável. 


RodrigoAcompanhamento de Projetos Composicionais (Tópicos Especiais em Processos Criativos IV – MUD 827). Prof. Rodrigo Cicchelli. Segundas-feiras, 14:00 às 17:00, Sala 2101 (15 vagas). Disciplina optativa para alunos matriculados nos cursos de Mestrado ou Doutorado do PPGM-UFRJ e externos em regime especial – consulte a agenda no início da página. Acompanhamento de projetos composicionais voltados para a produção de música instrumental/vocal, eletroacústica e/ou mista. Os projetos poderão incluir, mas não estão limitados a, composições instrumentais, vocais, acusmáticas sobre suporte, peças envolvendo instrumentos acústicos e recursos eletroacústicos, obras multimeios e/ou instalações sonoras. Os alunos deverão desenvolver projetos que tenham relação direta com seu tema de investigação na pós-graduação (mestrado ou doutorado) e receberão supervisão ao longo das fases de concepção, desenvolvimento e finalização dos projetos. Disciplina aberta a compositores, alunos do PPGM-UFRJ ou alunos externos em regime especial.