Jornada Interdisciplinar de Som e Música no Audiovisual (JISMA)

A Jornada Interdisciplinar de Som e Música no Audiovisual é um evento com mesas-redondas reunindo pesquisadores de som e música sobre diversos objetos audiovisuais. Com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro, corrobora e legitima a existência de um campo interdisciplinar que tem crescido nos últimos anos, tanto na área de Música quanto na de Cinema/Comunicação e na de Artes, com o surgimento e proliferação de artigos, dissertações e teses.

Programação completa:

15 de junho, quarta-feira

10h: Abertura

10h15min – 12h: Musicais
João Luiz Vieira (PPGCOM-UFF): “O sonho e a música: tensões raciais em Busby Berkeley e Joaquim Pedro de Andrade”
Jocimar Dias Jr (PPGCOM-UFF): “Números musicais, momentos musicais: a música nos filmes e o conceito de ritornelo”
Ariane Holzbach (Departamento de Estudos de Mídia-UFF): “Música, entretenimento e You Tube: reconfigurações do videoclip a partir do seriado Glee”

14h – 15h45min: Tecnologias digitais e práticas contemporâneas
Afonso Claudio Figueiredo (PPGTLCOM – ECO UFRJ): “Do analógico ao digital: Admirável Mundo Novo?”
Schneider Souza (PPGCOM-UFF): “A Game Music na contemporaneidade: dos games às práticas musicais no YouTube”
Orlando Scarpa (PPGM-UFRJ /CBM-CEU): “Gesto, fonte e espaço: considerações sobre os aspectos visuais da música eletrônica”.

16h-17h45min: Cinema silencioso e passagem para o cinema sonoro
Fábio Lucas Jóia (PPGM-UFRJ): “Cinema, Música e Sociedade: As práticas musicais no cinema silencioso na região sul do Espírito Santo nas duas primeiras décadas do séc. XX”.
Joice Scavone (PPGCOM-UFF): “O primeiro filme sonoro da Cinédia: musicado, falado, ou sincronizado?”
Rafael de Luna Freire (PPGCOM-UFF): “O impacto do cinema sonoro no circuito exibidor carioca: 1929-1930”.

16 de junho, quinta-feira

10h-11h45min: Direitos autorais para música no audiovisual
Alexandre Negreiros (SENAC-Rio): “Aspectos da prevalência dos direitos sobre a música nos usos da obra AV”
Márcio Pizzi de Oliviera (PPGM-UNIRIO / CEFET-RJ): “A cadeia de suprimentos do mercado de licenciamento musical”
Leonardo de Marchi (ECO-UFRJ / FCS-UERJ): “Novos modelos de negócio e direitos autorais para a música no mercado digital de audiovisual.”

14h – 16h: Som, voz e paisagem sonora no audiovisual
Fernando Morais da Costa (PPGCOM-UFF): “Vozes e silêncios no cinema contemporâneo.”
Andreson Carvalho (PPGCOM-UFF / ESPM): “O território sonoro em Sound of Noise”
Alexandre Brasil (PPGM-UFRJ): “Representações sonoras da pólis em O som ao Redor e Branco sai, preto fica”.
André Luiz Gonçalves de Oliveira (PPGM-UFRJ / UNOESTE SP): “Abordagem fenomenológica/ecológica da escuta no cinema”.

16h10min – 18h: Música no cinema sonoro
Ivan Capeller (PPGCI-UFRJ): “A Valsa de Ravel e as valsas de Kubrik”
David Tygel (PPGM-UFRJ / PUC RJ): “A Música no Espírito do Filme”
Carlos Henrique Guadalupe Silveira (Université Lumière Lyon 2): “Introduçao ao estudo das expectativas musico-filmicas do espectador”.
Bernardo Pellon (PPGM-UFRJ): ” Aplicação prática de modelos teóricos sobre relações entre música e imagem”.

17 de junho, sexta-feira

10h – 11h45min: Em torno de Michel Chion
Luíza Alvim (PPGM-UFRJ): “Contraponto audiovisual? De Eisenstein a Chion.”
Rodrigo Maia Sacic (Paris 3 / AIC): “O mito do som naturalista: problemas de expressão e fraseado audiovisual”
Silvia Boschi (PPGCOM-UFF): “Do vococentrismo ao protagonismo de outras sonoridades no cinema contemporâneo”
Rodolfo Caesar (PPGM-RJ): “Reflexão a partir do i-son de François Bayle: o som-imagem.”

14h-16h: Som/Imagem nas artes e tecnologias
Analu Cunha (IA-UERJ /EAV-Parque Lage): “Misunderstood”
Aline Couri (EBA-UFRJ): “INPUT/OUTPUT: informação, som , imagem”
Marcelo Carneiro de Lima (PPGM-UNIRIO): “Video-Música = ComposiçãoAudiovisual”
Fernando Ariani (EEP-UNIRIO): “Tecnologia … para o quê?”

16h15min – 17h20min: “O descobrimento do Brasil”
Tatyana de Alencar Jacques (PPGMUS-UDESC) : “As Suítes do Descobrimento do Brasil de Villa-Lobos: Música do filme de Humberto Mauro?”
Carlos Eduardo Pereira (MAM-RJ): “A representação dos índios do Humberto Mauro na música de Villa-Lobos em O Descobrimento do Brasil.”
17h30min – 18h: Encerramento com apresentação do filme “The spanish gipsy” (D. W. Griffith, 1911, 17 min. Intertítulos em inglês) e acompanhamento ao piano de Cadu Pereira.

Saiba mais sobre o evento clicando aqui.