2. Objetivos do Programa *

2.1. Objetivos (geral e específico)

2.1.1. Objetivo geral

O objetivo geral do Programa de Pós-Graduação em Música da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGM-UFRJ) é o desenvolvimento de forma avançada e aprofundada de pessoal qualificado para as atividades de ensino, pesquisa, desenvolvimento e inovação, através do fomento à formação de excelência para a pesquisa, e do aprofundamento da formação científica, cultural, artística e profissional na área de Música. Visando também à produção de conhecimento, o PPGM-UFRJ busca promover a reflexão crítica, teórica e metodológica sobre os campos da música, fomentar a produção científica, artística e sua divulgação, e incentivar práticas de cooperação e intercâmbio acadêmico no ensino e na pesquisa. A partir de sua história e situação geográfica e social particulares, que determinam a identidade do Programa, o PPGM-UFRJ tem como suas principais vocações:

2.1.1.1 A pesquisa em perspectiva histórica do acervo da instituição e de patrimônios materiais e imateriais brasileiros e ibero-americanos;

2.1.1.2 O estudo das práticas interpretativas e seus processos reflexivos nos contextos local, regional, nacional e internacional;

2.1.1.3 O estudo de técnicas e poéticas desenvolvidas em torno da criação musical local, regional, nacional e internacional;

2.1.1.4 A pesquisa e atuação participativa em contextos musicais urbanos, em âmbito local e regional; e

2.1.1.5 A pesquisa e promoção de práticas educacionais inclusivas e integradoras em contextos locais e regionais.

2.1.2. Objetivos específicos

2.1.2.1 No curso de Mestrado Acadêmico, voltado ao aprofundamento da formação científica, cultural, artística e profissional, são objetivos específicos do PPGM-UFRJ possibilitar a aquisição de competências individuais para a pesquisa, a partir do domínio dos fundamentos básicos das Áreas de Concentração e Linhas de Pesquisa do Programa.

2.1.2.2 No curso de Doutorado, o mais alto nível da educação superior, visando à formação para a pesquisa científica, cultural ou artística ampla e aprofundada e a capacitação para a docência na Graduação e na Pós-Graduação, são objetivos específicos do PPGM-UFRJ a capacitação para a docência na graduação e na Pós-Graduação stricto e lato sensu e a formação ampla e aprofundada do pesquisador e artista nos diversos setores da Música;

2.1.2.3 No âmbito geral do Programa, e observadas as particularidades dos dois níveis (Mestrado e Doutorado) em relação à formação em pesquisa, são objetivos específicos do PPGM-UFRJ:

2.1.2.3.1 Incentivar o desenvolvimento de Projetos de Pesquisa voltados à produção de conhecimento relevante e em sintonia com os Grupos e Linhas de Pesquisa do Programa;

2.1.2.3.2 Fomentar estratégias de difusão, tanto na comunidade acadêmica quanto na sociedade como um todo, do patrimônio artístico-cultural registrado ou revelado pela pesquisa científica na área;

2.1.2.3.3 Incentivar a criação musical, o exercício profissional da música e do ensino da música, e a reflexão histórico-teórico-conceitual em suas diversas formas;

2.1.2.3.4 Colaborar para o desenvolvimento social e cultural nos âmbitos local, regional, nacional e internacional, através do impacto, em suas diversas formas, das produções de seus corpos docente, discente e de egressos.

* consoante o Plano de Desenvolvimento Institucional da UFRJ 2019-2023.

2.2 Perfil do egresso

2.2.1 Formação e capacidades

Como consequência dos objetivos declarados do Programa (e especificamente dos objetivos específicos relacionados aos cursos de Mestrado Acadêmico e Doutorado, 2.1.2.1 e 2.1.2.2) e da estrutura curricular que sustenta esse conjunto de metas, é esperado do egresso do PPGM-UFRJ que aplique e direcione o desenvolvimento da pesquisa na área de Música para os diversos âmbitos acadêmicos e profissionais, atualizando seus conhecimentos ao longo da trajetória profissional (inclusive em diálogo com o mesmo Programa) e reformulando sua atuação profissional de forma crítica diante de desafios e mudanças. Observando o destino e atuação profissional dos egressos do Programa nas últimas décadas, pode-se dizer que tal expectativa tem se confirmado (ver “8.2 Acompanhamento de Egressos”).