Particionamento Rítmico e Contorno Textural na obra Variações para Orquestra, op. 30, de Anton Webern

Particionamento Rítmico e Contorno Textural na obra Variações para Orquestra, op. 30, de Anton Webern 📄
Daniel Moreira de Sousa | Pauxy Gentil-Nunes

Resumo: A pesquisa sobre a textura da obra Variações para Orquestra, op. 30, de Anton Webern, é desenvolvida na parceria dos grupos de pesquisa MusMat (UFRJ) e Mus³ (UFPB). Através da conjunção de metodologias diversas, pretende-se tanto alcançar uma visão mais profunda de um aspecto que atravessa a obra de Webern, mas está, no momento, insuficientemente formalizado, quanto o desenvolvimento das próprias ferramentas conceituais envolvidas no trabalho. Particionamento Rítmico e Contorno Textural constituem duas delas, desenvolvidas no âmbito do grupo de pesquisa MusMat. Resultados preliminares são apresentados.

Palavras-chave: Análise textural. Análise Particional. Contorno Textural.