Pauxy Gentil-Nunes

Pauxy

Professor permanente / Substituto eventual do Coordenador do Programa

Compositor e flautista. Mestre em composição e doutor em linguagem e estruturação musical, é também professor de harmonia, análise e composição na Escola de Música da UFRJ. Tem atividade criativa contínua e diversas obras executadas e gravadas no Brasil e no exterior. Em 2012, foi compositor residente do ABSTRAI Ensemble, em projeto aprovado em Edital da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro. Foi contemplado duas vezes com encomenda de composição para as Bienais de Música Brasileira Contmporânea de 2013 e 2015, pela Fundação Nacional de Artes – FUNARTE. Foi compositor convidado da EXPO 2015 Milano e do Festival I Virtuosi 2015. Integra o grupo de pesquisas MusMat, focado em aplicações de modelos matemáticos em Composição e Análise.

Produção 2018

Bibliográfica

  1. Publicação do artigo completo “Nesting and Intersections between Partitional Complexes”, MusMat: Brazilian Journal of Music and Mathematics, âmbito internacional, vínculo temático com o projeto “Expansão, integração e novas interlocuções da Análise Particional”
  2. Publicação do artigo completo “Complexos Particionais”, Anais do II Congresso Nacional de Música e Matemática da UFRJ, âmbito nacional, vínculo temático com o projeto “Expansão, integração e novas interlocuções da Análise Particional” (coautoria com o aluno Bernardo Ramos).
  3. Publicação das obras “Balada”, “Jonas”, “Noturno”, “Tocata” e “Trio Náutico”, Partituras Brasileiras Online da Funarte, âmbito nacional, vínculo metodológico à linha “Poéticas da Criação Musical”.

Técnica

  1. Apresentação da conferência “O trabalho em composição musical na universidade”, Série Rodas para Pensar, UFRJ, âmbito local, vínculo metodológico com a linha “Poéticas da Criação Musical”.
  2. Apresentação do trabalho “A poética dodecafônica de Marcus Alan: análise do segundo movimento da Sonatina para dois violões”, XVII Colóquio de Pesquisa do PPGM-UFRJ, âmbito nacional, vínculo temático com o projeto “Expansão, integração e novas interlocuções da Análise Particional” (trabalho em coautoria com o aluno Sérgio Ribeiro).
  3. Apresentação do trabalho “Modelo abstrato de tangenciamento de vetores da escrita composicional pianística”, XVII Colóquio de Pesquisa do PPGM-UFRJ, âmbito nacional, vínculo temático com o projeto “Expansão, integração e novas interlocuções da Análise Particional” (trabalho em coautoria com o aluno Pedro Miguel de Moraes).
  4. Apresentação do trabalho “PPGM-UFRJ, dissertações históricas digitalizadas e novo Banco Digital de Teses e Dissertações”, IX Simpósio Internacional de Musicologia da UFRJ, âmbito internacional, vínculo metodológico com a linha “Poéticas da Criação Musical”.
  5. Participação como membro da comissão organizadora do XVII Colóquio de Pesquisa do PPGM-UFRJ, âmbito nacional, vínculo metodológico com a linha “Poéticas da Criação Musical”.
  6. Participação como membro da Comissão Organizadora e Comissão Científica do III Congresso Nacional de Mùsica e Matemática da UFRJ, âmbito nacional, vínculo metodológico com a linha “Poéticas da Criação Musical”.
  7. Participação como membro da Comissão Organizadora e Comissão Científica do IX Simpósio Internacional de Musicologia da UFRJ, âmbito internacional, vínculo metodológico com a linha “Poéticas da Criação Musical”.
  8. Participação como membro da Comissão Científica do V Simpósio Brasileiro de Pós-Graduandos em Música (V SIMPOM), UNIRIO, âmbito nacional, vínculo metodológico à linha “Poéticas da Criação Musical”.
  9. Participação como membro da mesa redonda “Perspectivas sobre a pós-graduação em música”, IX Simpósio Internacional de Musicologia da UFRJ, âmbito internacional, vínculo metodológico com a linha “Poéticas da Criação Musical”.

Artística

  1. Apresentação da obra autoral “Liberjongo 2”, III Congresso Nacional de Música e Matemática da UFRJ, âmbito nacional, vínculo metodológico com o projeto “Expansão, integração e novas interlocuções da Análise Particional”.
  2. Apresentação da obra autoral “Tocata”, para violão, recital de Márlou Peruzollo, Universidade de Aveiro, âmbito local, vínculo metodológico com o projeto “Expansão, integração e novas interlocuções da Análise Particional”
  3. Apresentação da obra autoral “Trio” no programa de rádio “Concerto MEC”, pela EBC em rede nacional, concerto do Abstrai Ensemble, âmbito nacional, vínculo metodológico com o projeto “Expansão, integração e novas interlocuções da Análise Particional”.
  4. Apresentação das obras autorais “Canções da Velha Era” e “Tocata”, concertos da V Bienal de Música Brasileira Contemporânea da UFMT, âmbito nacional, vínculo metodológico com o projeto “Expansão, integração e novas interlocuções da Análise Particional”.
  5. Apresentação do espetáculo “Liberjongo”, concerto do Abstrai Ensemble no Festival Internacional RC4, âmbito internacional, vínculo metodológico com a linha “Poéticas da Criação Musical”.
  6. Estreia da obra “Artigo Primeiro”, de Carlos Almada, concerto do Abstrai Ensemble no III Congresso Nacional de Música e Matemática da UFRJ, âmbito nacional, vínculo metodológico com o projeto “Performance musical colaborativa no século XXI : abordagens e perspectivas”.
  7. Estreia da obra autoral “Street Fighting People”, para ensemble, concerto do Abstrai Ensemble em  comemoração dos 50 anos da Revolução de 1968, Maison de France, âmbito local, vínculo metodológico com o projeto “Expansão, integração e novas interlocuções da Análise Particional”.
  8. Estreia da versão para flauta e eletrônica de “Retratos 2”, de Gilberto Mendes, e outras obras para flauta e eletrônica e duo de flautas, III Encontro Carioca de Flautas, UNIRIO, âmbito local, vínculo metodológico com o projeto “Performance musical colaborativa no século XXI : abordagens e perspectivas”.
  9. Lançamento do CD “Experiência”, concerto do Abstrai Ensemble, Temporada oficial da Sala Cecília Meireles, âmbito local, vínculo metodológico com o projeto “Performance musical colaborativa no século XXI : abordagens e perspectivas”.
  10. Lançamento em CD da obra autoral “Trio”, CD “Experiência”, plataformas de streaming (Spotify, Deezer), Abstrai Ensemble, âmbito internacional, vínculo metodológico com o projeto “Expansão, integração e novas interlocuções da Análise Particional”.
  11. Lançamento em CD da obra “Experiência”, de Phivos Kollias, CD “Experiência”, Abstrai Ensemble, âmbito internacional, vínculo metodológico com o projeto “Performance musical colaborativa no século XXI : abordagens e perspectivas”.
  12. Temporada (3 concertos) com apresentação das obras “Trio Náutico” e “Street Fighting People”, Teatro Glauce Rocha, Teatro Dulcina, Cidade das Artes, âmbito local, vínculo metodológico com o projeto “Expansão, integração e novas interlocuções da Análise Particional”.

Produção 2017

Bibliográfica

  1. Publicação do capítulo de livro “Teorias analíticas sobre a textura musical no Brasil” no livro “Teoria e Análise Musical em Perspectiva Didática”, abrangência nacional, vínculo metodológico com o projeto “Expansão… Análise Particional”.
  2. Publicação do capítulo “Partitiogram, mnet, vnet and tnet: embedded abstractions inside compositional games” no livro “The Musical-mathematical Mind”, abrangência internacional, vínculo com o projeto “Expansão… Análise Particional”.

Técnica

  1. Apresentação do trabalho “Expansões da análise particional”, II Congresso Nacional de Música e Matemática, PPGM-UFRJ, abrangência nacional, vínculo com o projeto “Expansão… Análise Particional”.
  2. Apresentação do trabalho “Utilização do aplicativo de operações lineares Oplin…”, II Congresso Nacional de Música e Matemática, PPGM-UFRJ, abrangência nacional, vínculo com o projeto “Expansão… Análise Particional”.
  3. Participação como membro da comissão organizadora do II Congresso Brasileiro de Música e Matemática UFRJ, ambito nacional, vínculo com a linha de pesquisa “Poéticas da criação musical”.

Artística

  1. Apresentação da obra “BALADA”, série Recitais de Guiomar, Concerto do Trio Puelli, abrangência local, vínculo metodológico com o projeto “Expansão… Análise Particional”.
  2. Apresentação da obra “Tocata”, recital de Márlou Peruzollo, Universidade de Aveiro, abrangência internacional, vínculo metodológico com o projeto “Expansão… Análise Particional”.
  3. Apresentação das obras “Quatro Mundos” (Victorio) e “Experiência Auto-referencial” (Kollias), IV Festival Internacional de Música de Câmara, Rio de Janeiro, abrangência internacional, vínculo metodológico ao projeto “Performance Musical… no Século XXI”.
  4. Publicação da obra “Tríptico” no CD “Trio Paineiras Interpreta Compositores de Hoje”, A Casa Estudio, abrangência nacional, vínculo metodológico com o projeto “Expansão… Análise Particional”.