Pensamento Sincrético e Domínio Sonoro

Pensamento Sincrético e Domínio Sonoro 📄
André Codeço dos Santos

Resumo: O presente trabalho objetiva revelar as primeiras questões ligadas à recém-iniciada pesquisa de doutorado, que envolve o Pensamento Sincrético (doravante PS), correlacionado-as com formulações a cerca da superfície musical e obra musical, apresentadas por Lartatara e Gardner (2007). O PS expõe viés pragmático acerca da organização do material musical através de seus conceitos fundamentais: PEC (Potencial Expressivo Compositivo), VIS (Vetor Interativo Sincrético) e INT (Interação). Aplicações destes conceitos culminaram na concepção original do Domínio Sonoro; uma espécie de espaço não físico, conceitual, onde parâmetros musicais se relacionam gerando Ondas de Perturbação, ou Perturbação. Através deste último conceito, espera-se obter uma ferramenta analítica que forneçavisualização dos acontecimentos no Domínio Sonoro. As ideias apresentadas por Latartara e Gardner dialogam, portanto, com as propostas do presente autor.

Palavras-chave: Pensamento Sincrético. Domínio Sonoro. Metaestável.