Vocalidade em Morgen! de Richard Strauss: a utilização de recursos técnico-interpretativos e sua proximidade entre a execução de canção e ópera

Vocalidade em Morgen! de Richard Strauss: a utilização de recursos técnico-interpretativos e sua proximidade entre a execução de canção e ópera 📄
Diana Maron Mendonça | Alberto Pacheco

Resumo: O presente trabalho se propõe a analisar gravações da canção Morgen! (op. 27) de Richard Strauss, com o intuito de tentar trazer um outro olhar sobre este repertório, cuja forma de execução atualmente se encontra demasiadamente padronizada ou “engessada”. Por outro lado, as gravações analisadas nos revelam que os intérpretes, que tinham contato direto com o compositor, mostram outro quadro de referências que diverge da atual padronização. Neste trabalho, seguiremos o modelo de análise de gravações e de escuta crítica tal qual efetuado por Michael Scott em The Record of Singing.

Palavras-chave: Prática vocal. Lied. Música de câmara. Morgen!. Richard Strauss.