Antonio Jardim

A JardimProfessor colaborador

Nascido a 2 de novembro de 1953, no Rio de Janeiro, iniciou seus estudos musicais em 1968, estudando violão particularmente, prosseguindo-os posteriormente no Conservatório Brasileiro de Música, sob a orientação de Válter de Souza. Em 1974 ingressou na Escola de Música da UFRJ, no curso de Composição, tendo-se graduado em 1981. Estudou Harmonia com Guerra-Peixe, no Centro de Estudos Musicais e Análise Musical com Esther Scliar, na Escola de Música Villa-Lobos, e com Koellreutter, particularmente. Estudou composição nos III e IV Cursos Internacionais de Verão de Brasília, respectivamente com Chistopher Bockmann (1978) e Lindembergue Cardoso (1979). Como compositor tem tido obras apresentadas nos mais importantes eventos destinados à música contemporânea, como: Bienais e Panoramas de Música Contemporânea (Rio de Janeiro), Festival Música Nova (Santos / São Paulo), Ciclo de Música Contemporânea (Salvador), Encontros de Compositores Latino-Americanos (Belo Horizonte), Festival de Música Contemporânea de Havana (Cuba), Mostra de Música Contemporânea (Assunção-Paraguai) e etc. Em 1986, integrou, como representante brasileiro, o corpo de jurados do Premio de Musicologia Casa de las Americas, em Havana, Cuba e, em 1987, participou como representante brasileiro do Festival de Música Contemporânea de Havana. De 1988 a 1999 foi professor de Filosofia da Música e História da Música da Escola de Música da UFRJ. Em 1988, defendeu no Conservatório Brasileiro de Música, sua dissertação de Mestrado -A Produção Musical e o Ensino da Música, um estudo filosófico, que teve o seu nome alterado para -Música: uma outra densidade do real – para uma filosofia de uma linguagem substantiva. De 1988 até 1994 foi professor de Harmonia da Escola de Música Villa-Lobos. É também professor do Mestrado em Música do Conservatório Brasileiro de Música. Em 1986, graduou-se em Licenciatura em Educação Artística – Habilitação em Música, pelo Conservatório Brasileiro de Música. Em 1990, graduou-se em Filosofia, pelo Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ. De agosto de 1994 até julho de 1995 atuou como Professor Visitante de História da Música e no curso de Mestrado em Música Brasileira da UNI-RIO e desde 1991 tem atuado como professor do Mestrado da Escola de Música da UFRJ. Doutor em Poética da Faculdade de Letras da UFRJ (com bolsa CNPq) com a tese Música: vigência do pensar poético, . Atualmente cursa o sexto período do curso de graduação em Português-Grego. Professor de Estética do Curso de Educação Artística com Habilitação em História das Artes da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) desde março de 1999. Professor de Teoria da Literatura e Literatura Comparada da Faculdade de Letras da UFRJ desde março de 2000. Em 1998 lançou o seu primeiro CD intitulado “Cantos de Memória” pelo selo Tons e Sons UFRJ. Em 2010, participou como integrante do grupo Música Surda uma série de nove apresentações em Portugal, compreendendo as cidades de Lisboa, Coimbra, Porto, Portimão, Cascais. Em 2013, participou, como integrante do grupo Música Surda, do Festival Tão longe, tão perto – música e poesia em língua portuguesa no Rio de Janeiro, no mês de Maio.