Sergio Alvares

Sergio

Professor permanente / Coordenador da Linha

Com Pós-Doutorado (Fulbright) em Pedagogia Musical pela West Virginia University (2012); Doutor (Ph.D.) em Educação Musical pela University of Miami (1998); Mestre em Práticas Interpretativas e Composição em Jazz pela New York University (1995); Diplomado em Práticas Interpretativas e Arranjo pela Berklee College of Music (1993); e Licenciado em Educação Artística pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (1988). Professor Associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Instrumentista de Sopro (sax e flauta), compositor e arranjador na linha do Choro e Jazz; e Educador Musical com formação Orff, Kodaly e Susuki e com magistério no ensino pré-escolar, básico e superior no Brasil e Estados Unidos.

Produção 2018

Técnica

  1. Apresentação do trabalho “A música e sua relação com o ser humano: uma breve retrospectiva dos processos de transmissão do conhecimento musical para reflexões em educação musical”, 17º Colóquio de Pesquisa do Programa de Pós Graduação em Música da UFRJ, âmbito nacional, vínculo temático ao projeto “Musicalidade Abrangente na pós-modernidade: processos integrados de produção, transmissão e aquisição de conhecimento musical em situações formais, não-formais e informais de ensino e aprendizagem na diversidade etnográfica das vivências musicais no Brasil”.

Artística

  1. Temporada (2 concertos) com apresentação de gêneros instrumentais tradicionais brasileiros, do conjunto “Sôdade Brasilis”, (UFRJ 98 anos, Música no Palácio), âmbito local, vínculo metodológico ao projeto “Musicalidade Abrangente na pós-modernidade: processos integrados de produção, transmissão e aquisição de conhecimento musical em situações formais, não-formais e informais de ensino e aprendizagem na diversidade etnográfica das vivências musicais no Brasil”.

Produção 2017

Técnica

  1. Participação como conferencista na mesa temática “Música, educação e diversidade”, 16º Colóquio de Pesquisa do PPGM-UFRJ”, abrangência nacional, vínculo à linha de pesquisa “Música, educação e diversidade”.
  2. Participação como docente das oficinas “Oficina de choro Sôdade Brasilis” e “Oficina de Educação Musical” no evento “I Festival Internacional de Música de Barra Mansa”, abrangência internacional, vínculo ao projeto de pesquisa “Musicalidade Abrangente…”
  3. Participação como docente na “Oficina de Educação Musical Musicalidade Abrangente”, Instituto Brasileiro de Educação Superior Continuada”, abrangência local, vínculo ao projeto “Musicalidade Abrangente…”
  4. Participação como membro da comissão organizadora da XXXIX Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Cultural e Artística – 8ª Semana de Integração Acadêmica da UFRJ, âmbito local, vínculo com a linha de pesquisa “Música, educação e diversidade”
  5. Participação como membro da comissão organizadora do VIII Simpósio de Educação Musical da UFRJ, abrangência nacional, vínculo com a linha “Música, educação e diversidade”.

Artística

  1. Temporada do espetáculo “Sôdade Brasilis” (10 apresentações): Rio de Janeiro, Niteroi, Barra Mansa, abrangência regional, vínculo metodológico ao projeto “Musicalidade Abrangente…”.